Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/13 às 19h31 - Atualizado em 14/02/13 às 19h43

4º Boletim de Monitoramento traz novos índices do Turismo local

COMPARTILHAR

A Subsecretaria de Políticas de Turismo, da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), divulga o 4º Boletim de Monitoramento. Nesta edição, a equipe de pesquisas e monitoramento traz os resultados obtidos ao longo de 2012 a partir de ações pontuais da Setur-DF junto à jornalistas estrangeiros, o grau de satisfação do público do 7 de setembro e o balanço geral do perfil de visitantes da cidade colhido nos sete Centros de Atendimento ao Turista (CAT’s) em operação.

De acordo com os dados coletados, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro continuam lideres em emissão de turistas para Brasília. Dos visitantes entrevistados, quase metade do total vieram desses estados. No âmbito internacional, a França superou, pela primeira vez, os Estados Unidos no número de visitantes enviados à cidade. Se forem somados os números de França, Alemanha, Espanha, Escócia, Irlanda, Inglaterra e outros países da Europa, a “Zona do Euro” permanece absoluta como a maior emissora de turistas para Brasília.

O perfil predominante é de pessoas casadas, com nível superior de ensino, que usam como principal meio de transporte o avião e ficam hospedados em hotéis. Os visitantes entrevistados no CAT’s têm como motivação da viagem o lazer. Nessa mostra, constatou-se uma alteração no que diz respeito ao tempo de permanência na cidade, que aumentou para três dias. A maioria dos entrevistados contou estar na Capital Federal pela segunda vez,

Sete de Setembro

Em ação inédita, a Setur-DF mapeou o potencial de atratividade do maior evento cívico do país, o Sete de Setembro. O estudo revelou que a programação do Dia da Independência do Brasil recebe visitantes de 18 estados, liderados por Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Bahia e Santa Catarina.

O perfil predominante de turistas deste evento é de mulheres, com nível superior de escolaridade, que viajam de avião, se hospedam em casa de parentes e permanecem de dois a cinco dias na Capital Federal. O público de fora, vem quase sempre acompanhado pelos parentes, o que torna o evento um atrativo familiar.

Além de movimentar a economia, o evento atrai os olhares para os monumentos da cidade. Na lista dos mais procurados neste período estão a Catedral Metropolitana, Torre de TV, Congresso Nacional, Memorial JK, Praça dos Três Poderes e Museu Nacional.

Brasília – Patrimônio Cultural da Humanidade

Os turistas do Sete de Setembro também foram questionados se sabiam que Brasília é Patrimônio Cultural da Humanidade – PCH. Do total de entrevistados, 78,37% respondeu saber desta informação, enquanto que 21,20% a desconhecia. Aqueles que tinham consciência do título souberam por meio de jornais, revistas ou internet.

Press Trip

No ano de 2012, a Secretaria de Turismo do Distrito Federal investiu na promoção da cidade na Europa e Colômbia por meio de Famtours e Press Trips. Durante a permanência na cidade, os jornalistas e operadores foram entrevistados sobre o grau de satisfação e potencial de comercialização que a capital brasileira oferece. Foram observados aspectos como ambiente, cultura, acessibilidade, sinalização, monumentos, conservação, informações recebidas, infraestrutura e duração das atividades. Os hotéis também foram avaliados pelos critérios de conforto, limpeza, variedade no café da manhã, acesso, segurança e outros. Os resultados variaram, em sua maioria, entre bom e ótimo.

O Boletim de Monitoramento é um apanhado trimestral realizado pela Subsecretaria de Políticas de Turismo na intenção de avaliar o perfil do turista brasiliense e subsidiar as ações de investimentos, planejamento e oferta de serviços na cidade. O balanço serve como base tanto para a administração pública quanto para a iniciativa privada.