Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/04/13 às 17h51 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Autoridades prestigiam inauguração de exposição sobre Brasília em Alexânia

COMPARTILHAR

“Paralelos de Brasília” está aberta ao público até o dia 12 de maio, no Outlet Premium – Brasília  

O mais novo centro de compras de Brasília e região, Outlet Premium, foi transformado em uma extensão da história da construção da Nova Capital. No último sábado (13), a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) inaugurou no local a exposição “Paralelos de Brasília”, que apresenta em fotos a evolução da cidade desde o início das obras. A cerimônia de lançamento teve a presença dos secretários Luis Otávio Neves (Turismo), Geraldo Bentes (adjunto de Turismo) e Arquicelso Bites (Desenvolvimento da Região Metropolitana), além do gerente geral do Outlet, Túlio Bronzon, e do superintendente do Arquivo Público do Distrito Federal, Gustavo Chauvet.

“Estamos muito felizes por podermos mostrar um pouco de nossa história neste lugar, que foi tão importante para o desenvolvimento econômico de toda essa região. Esperamos contribuir com a cultura daqueles que por aqui passarem e estimular que esses visitantes aproveitem a viagem para conhecer de perto as belezas que estão nestes painéis”, disse o secretário de Turismo.

A exposição é composta por 40 fotos dos principais monumentos da Capital Federal em fases distintas. Com o apoio do Arquivo Público do DF, o visitante pode conferir imagens dos prédios sendo erguidos e, em seguida, as fotos de Daniela Cadena mostram como cada ponto está atualmente.

“Gostaria de lembrar que até mesmo Brasília faz parte do território goiano. Somos parte deste lugar, por isso, é tão importante apresentar essa fase da história para este público”, afirmou Chauvet.

O Outlet Premium está localizado na BR 060, no município de Alexânia, em frente à fábrica da Schincariol. A exposição ficará aberta ao público diariamente, das 9h às 21h, até o dia 12 de maio. As peças estão na Praça de Alimentação do local, por onde circulam cerca de 25 mil pessoas a cada fim de semana.