Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/10/13 às 19h18 - Atualizado em 11/10/17 às 16h45

Brasília consagra profissionais de comunicação em noite de prêmios

COMPARTILHAR

Secretário de Turismo participou do Prêmio Engenho de Comunicação e entregou prêmio a rádio CBN

A Embaixada de Portugal recebeu, na noite dessa terça-feira (9), a 10ª edição Prêmio Engenho de Comunicação – O Dia em que o Jornalista Vira Notícia, evento que contempla jornalistas e veículos de comunicação que produzem notícias a partir de Brasília.

Os atores do grupo Melhores do Mundo, Adriano Siri e Jovane Nunes, foram os mestres de cerimônia da noite que premiou veículos de cada setor da imprensa brasiliense por meio de uma comissão julgadora formada por personalidades como o ministro do STF, Marco Aurélio Mello, presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Ribeiro Telles, presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, e o reitor do Uniceub, Getúlio Américo Lopes. “É como se setores organizados avaliassem a Imprensa e distinguissem as melhores práticas”, explica Katia Cubel, jornalista e presidente do Prêmio.

No ano de 2013 os grandes vencedores foram Correio Braziliense (Cobertura de Brasília), Cláudio Humberto Rosa e Silva (Melhor Coluna), Antônio de Castro – TV Globo (Melhor Apresentador (a)/ Ancora), Blog do Ricardo Noblat (Blog de Política), Revista Veja Brasília (Inovação Jornalística), Comunicação no Projeto Rondon – Universidade Católica de Brasília (Iniciativa Acadêmica), Jornal de Brasília (Veículo Impresso), Globo Esporte (Melhor Programa de TV), Correio Web (Melhor Site), Consuelo Badra – Revista Foco (Gestão de Negócios da Comunicação) e CBN Brasília (Melhor Programa de Rádio) que recebeu o prêmio das mãos do Secretário de Turismo do DF.

“Brasília aparece todos os dias no país pelas mãos desses profissionais. É importante reconhecer esse trabalho jornalistas e estimular que cada vez mais seja feito um jornalismo de qualidade”, disse Neves.

A 10ª edição do Prêmio Engenho de Comunicação também homenageou o jornalista Ari Cunha, colunista do Correio “Essa homenagem ao veterano e pioneiro jornalista vem por termos escolhido só um homenageado, em vez de três (como ocorre anualmente). Essa escolha simboliza a importância do reconhecimento da carreira desse jornalista”, explicou o ministro Marco Aurélio.