Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/06/20 às 15h11 - Atualizado em 21/06/20 às 15h12

Brasília e Embaixada do México celebram Copa do Mundo de 1970 no Arena Drive Multicultural

COMPARTILHAR

Setur-DF esteve presente para conferir a exibição do documentário “O Mundo a Seus Pés”

 

 

A 9ª edição da Copa do Mundo, realizada no México em 1970, foi histórica e permanece no imaginário dos aficionados pelo esporte. A final entre Brasil e Itália, e o time que tinha Pelé, Jairzinho, Rivellino, Gerson, entre outros talentos, é uma unanimidade. Para relembrar o evento, que comemora 50 anos em 2020, a Embaixada do México e a Arena Drive Muticultural promoveram neste domingo (21) a exibição do documentário “O Mundo a Seus Pés” para as pessoas assistirem de dentro dos carros.

 

O Drive-in surgiu como uma alternativa para a nova realidade que a pandemia causada pela Covid-19 impôs. Até pouco tempo, Brasília abrigava o único Cine Drive-In da América Latina. E agora essa atração tem se multiplicado. Diante da realidade, a Arena BSB dedicou o estacionamento do Ginásio Nilson Nelson para exibição de filmes.

 

Estiveram presentes na exibição do documentário a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça; embaixador do México, José Ignacio Piña Rojas; Richard Dubois, diretor-presidente da Arena BSB; Paula Moreno Paro Belmonte, deputada federal; Júlia Lucy, deputada distrital. O governador Ibaneis Rocha também se fez presente por meio de um vídeo exibido antes da sessão. Os jogadores Pelé, Roberto Rivellino e Gérson de Oliveira Nunes também enviaram uma mensagem por vídeo.

 

“Quero, em primeiro lugar, agradecer o nosso embaixador do México. Saúdo todo o povo mexicano. Completamos agora 50 anos do tricampeonato e, com certeza, a calorosa acolhida ao povo brasileiro naquele momento nós traz uma grande alegria. Meu carinho ao povo mexicano nessa data que comemoramos aqui em Brasília”, disse o governador Ibaneis Rocha no início do evento.

 

Para a secretária de Turismo, o Brasil viveu seu auge com o tricampeonato no Estádio Azteca e a conquista não foi só dos brasileiros, mas também da imensa torcida de todo o México. “Brasileiros e mexicanos são povos irmãos não só pela lembrança da festa que fizeram em 1970. É mais do que a torcida, do que o encanto do futebol. É representatividade. Porque de alguma forma, os povos de Brasil e México se veem um no outro. Na pluralidade, no calor humano, na maneira como encaram a vida”. E complementou sobre a importância da atuação do GDF em parceria com a iniciativa privada. “Mais do que nunca precisamos inovar para continuar a exercer as nossas atividades, no entanto de uma forma diferente”.

 

O embaixador do México, José Ignacio Piña Rojas, explicou que a iniciativa da Embaixada tem como intuito se unir ao Brasil na comemoração da vitória de 1970 e homenagear o jogador Pelé, que completa 80 anos. “Ao comemorar o cinquentenário, desejamos destacar a importância do futebol e do esporte como parte da nossa cultura, como uma manifestação que une os povos. Agradecemos o GDF pelo apoio nesse evento”.

 

“É uma honra rememorar esse feito inédito, que nos tornou o pais do futebol. Essa seleção nos trouxe feitos de diversas naturezas e tinha um objetivo comum e um time coeso. O nosso país pode aprender com essa lição e com o nosso passado. A pandemia reduziu o nosso evento, mas fizemos questão de fazer algo. Não podíamos deixar essa data passar em branco”, disse em seguida o diretor-presidente da Arena BSB, Richard Dubois.

 

A deputada federal Paula Moreno Paro Belmonte reforçou que a união e solidariedade serão fundamentais no momento atual. “Precisamos valorizar as nossas conquistas. Isso desperta a responsabilidade, pertencimento e patriotismo”, disse no evento. Júlia Lucy, deputada distrital, também esteve presente e complementou: “Tenho certeza que ninguém imaginava comemorar essa data dentro de carros, mas a vida é assim e coloca desafios para a gente superar. E superação é uma marca dos brasileiros”, finalizou Lucy.