Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/06/21 às 13h46 - Atualizado em 30/06/21 às 12h25

‘De Buggy pelo Mundo’ vai levar as belezas de Brasília para 17 países

COMPARTILHAR

A secretária Vanessa Mendonça conheceu o projeto do bugueiro turista Gerson de Morais, de Natal (RN), que vai fazer um passeio visitando por 460 cidades

 

A Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, conheceu o projeto De Buggy pelo Mundo, pelo qual o bugueiro profissional Gerson Ribeiro de Morais pretende dar uma volta por 17 países. Uma parceria está sendo costurada  para a inclusão dos pontos turísticos de Brasília no projeto, com o objetivo de divulgá-los em 460 cidades a serem visitadas.

 

Bugueiro Gerson Morais, secretária Vanessa Mendonça (Setur-DF) e Newton Garcia (Abrasel): juntos pela divulgação dos atrativos de Brasília | Foto: Claudio Gerber / Setur-DF

 

A largada dos entendimentos ocorreu em uma reunião do bugueiro na Secretaria de Turismo (Setur-DF). Da reunião participou também o diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Newton Garcia. A secretária Vanessa Mendonça destacou a importância de o projeto levar Brasília para o Brasil e de levar o Brasil para o mundo.

 

“Todas as possibilidades de expansão do conhecimento sobre o turismo de Brasília são significativas para a Setur-DF. Brasília é muito mais do que concreto. Temos mais de 500 cachoeiras, 83 parques, entre eles, o Parque da Cidade, que é o maior parque urbano da América Latina; o maior lago artificial do mundo – o Lago Paranoá –; e temos a região rural, que estamos estruturando para o turismo. Estamos ressignificando o destino de Brasília por meio de múltiplas experiências”, afirmou.

 

De Ushuaia a Nova Iorque

 

Durante o encontro, realizado na sexta-feira passada (25), a secretária lembrou que, em novembro de 2020, o Rally do Sertões, a maior competição do gênero nas Américas, fez uma passagem histórica por Brasília. Camionetes, UTVs (sigla em inglês que se refere a veículo utilitário multitarefas), motos e outros veículos passearam pelos monumentos mais emblemáticos da capital. Vanessa Mendonça foi eleita a embaixadora das provas em Brasília, em função de todo o trabalho dedicado para incluir a capital federal no roteiro da disputa.

 

O bugueiro turista Gerson Morais contou que saiu de Natal (RN), onde mora e trabalha, no dia 25 de outubro de 2020. Passando por várias cidades, o objetivo é chegar a Ushuaia, ponto turístico da Argentina que fica no arquipélago da Terra do Fogo, no extremo sul da América do Sul, conhecido como “fim do mundo”. E de Ushuaia, ele segue para Nova Iorque.

 

“O Brasil é cheio de tesouros escondidos em seu interior e ter colocado Brasília neste roteiro [do Rally dos Sertões] nos permitiu destacar nossas belezas ao mundo, e foi muito positivo em imagem e experiência para todos de Brasília. Temos o total interesse de fazer parte de um projeto que possa levar a capital de todos os brasileiros, a capital do Brasil, a todas as cidades que estão no roteiro do De Buggy pelo Mundo”, destacou a secretária.

 

Toque especial

 

Para Gerson Morais, a participação da capital enriquece o projeto da viagem de buggy. “Brasília traz um pouco da sua cultura, da sua história, das suas belezas naturais e culturais. Além disso, estou descobrindo a sua gastronomia, que traz um pouco da influência de todo o Brasil”, disse comentou.

 

Citou que a Setur-DF é uma importante parceira do projeto, juntamente com a Abrasel, a Embratur, o Ministério do Turismo e os guias turísticos locais. “A Secretária Vanessa Mendonça tem uma visão estratégica sobre o turismo de Brasília, e o meu projeto ganha corpo ao inserir esse olhar do Brasil para Brasília e de Brasília para o Brasil e para o mundo”, complementou.

 

Para o diretor da Abrasel, Newton Garcia, o De Buggy pelo Mundo vai ajudar na divulgação dos atrativos de Brasília para outros países. “Juntar essas informações todas do Brasil de forma diferente, usando o buggy – um transporte típico de uma cidade brasileira, Natal – é extremamente interessante. O Gerson está conhecendo também a nossa gastronomia, que tem o Cerrado dando o toque especial e todas as misturas e culturas que a formam e dão valor ao turismo gastronômico”, detalhou o dirigente da entidade empresarial.

Leia também...