Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/06/13 às 16h28 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Decreto estabelece regras para uso do Mané Garrincha

COMPARTILHAR

Eventos realizados na arena poderão aumentar arrecadação do DF

As diretrizes para utilização do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha foram publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal e, a partir de agora, os eventos realizados na arena poderão aumentar a arrecadação da região.

“Com a definição de regras claras, vamos criar uma cultura de realização de eventos no Mané Garrincha, e assim atrair progressivamente novos jogos para o estádio”, ressaltou hoje o secretário Extraordinário da Copa, Claudio Monteiro.

De acordo com o Decreto Nº 34.491, 13% da renda bruta das cinco primeiras partidas de futebol na arena serão destinadas ao tesouro local e, a partir do sexto jogo, os organizadores deverão destinar 15% dos ganhos ao GDF, além de custear as despesas com energia elétrica.

A regra vale para o jogo entre Flamengo e Coritiba, marcado para o dia 6 de julho.

“Este será o primeiro jogo, após a Copa das Confederações, de uma série de partidas que ainda ocorrerão no Mané Garrincha”, destacou o secretário.

A ideia é que os próximos eventos também aqueçam a economia de setores como Serviços e Comércio, como ocorreu na semana de abertura da Copa das Confederações, que movimentou cerca de R$70 milhões em Brasília.

Quanto aos eventos culturais, o secretário explicou que as regras para esses casos ainda serão definidas pelo governo local.

“Não tivemos ainda um evento-teste na área cultural para avaliar o verdadeiro impacto. O primeiro será o Renato Russo Sinfônico, neste sábado (29)”, detalhou Claudio Monteiro.

O decreto estabelece, ainda, a proibição de uso dos estacionamentos do estádio e do Ginásio Nilson Nelson para a realização de eventos culturais, exceto quando houver interesse público.

Agora, as secretarias de Esporte e Extraordinária da Copa 2014 deverão elaborar, no prazo de um mês, a proposta para regulamentar a utilização das unidades esportivas do DF, incluindo o Estádio Mané Garrincha.

 

*Com informações da Agência Brasília