Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/09/13 às 11h00 - Atualizado em 18/09/13 às 14h22

Setur-DF e Unesco recebem proposta para Eco camping até hoje (18)

COMPARTILHAR

Interessados em participar da licitação têm até às 18 horas desta quarta-feira (18), para encaminhar as propostas a Representação da Unesco no Brasil

A Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) abriram edital para licitar o projeto do primeiro ECO Camping do país. As propostas ganharam mais um prazo para envio e podem ser apresentadas até a próxima quarta-feira (18).

Conforme previsto na licitação n º 00085 /2013, as empresas interessadas em participar da licitação do projeto arquitetônico, paisagístico e complementares do ECO Camping de Brasília deverão entregar a proposta para prestação de serviços e/ou o fornecimento dos bens pessoalmente ou enviadas por serviço de postagem para a Representação da UNESCO no Brasil, no endereço SAS Quadra 05, Bloco H, Lote 06, Sala 1002 (PROTOCOLO), Edifício CNPq/IBICT/UNESCO, CEP 70070-914, Brasília, Distrito Federal.

As propostas serão abertas em sessão pública em dia e horário a serem avisados às empresas que apresentarem proposta. De acordo com o edital, a instalação do Eco Camping deverá obedecer aos princípios arquitetônicos, princípios legais e aos princípios de baixo impacto ambiental compatível com o uso do solo e a integração do espaço urbano.

Hospedagem alternativa

A nova sede do Camping de Brasília será construída no Parque das Aves, terá uma área de 40 mil m², dos quais 60% serão destinados à área de acampamento e os 40% restantes, ao Centro de Atividades Sociais, Área de Eventos e Gastronomia, sistema viário e zonas verdes.

Está previsto, para a Área de Camping, a instalação de até 300 equipamentos de camping (barracas, motor home e trailers), a previsão do ECO Camping de Brasília é atender até 990 pessoas, simultaneamente.

O projeto tem como objetivo proporcionar uma hospedagem alternativa para pessoas que buscam esse tipo de vivência e, ao mesmo tempo, servirá como uma hospedagem complementar aos meios de hospedagem já existentes em Brasília.

A ação é priorizada pelo Governo do Distrito Federal devido ao “Ano de Valorização de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade”. E também com Brasília sendo a anfitriã em setes jogos da Copa do Mundo de 2014, principalmente a definição de terceiro lugar do campeonato.

Para mais informações, leia o aviso de prorrogação, o edital e o termo de referência