Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/13 às 19h43 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

FIFA faz vistoria no Mané Garrincha faltando 500 dias para a Copa

COMPARTILHAR

Faltando 500 dias para a Copa, Brasília recebeu na manhã de hoje (28)uma comitiva da FIFA para visita técnica ao Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Acompanhado do ministro do Esporte Aldo Rebelo, do secretário geral da Fifa Jérôme Valcke e dos jogadores Bebeto e Ronaldo, o governador Agnelo Queiroz participou da vistoria.

Agnelo destacou que o GDF cumprirá o cronograma e entregará a obra até o dia 15 de abril à FIFA. A expectativa é que o novo estádio seja inaugurado no aniversário de Brasília, dia 21 de abril. “Já asseguramos ao Comitê Organizador Local, FIFA e ao ministro Aldo Rebelo que a entrega do estádio se dará no tempo devido”, reforçou o governador.

Durante entrevista coletiva à imprensa, o governador esclareceu que o GDF está construindo um estádio à altura da capital do país. “Tenho certeza que apresentaremos o Brasil ao mundo inteiro da melhor maneira possível, e acreditamos que o estádio é uma grande ferramenta de desenvolvimento econômico no DF”, destacou.

Para Jérôme Valcke, secretário geral da Fifa, o estádio será um grande legado para a cidade. “É um estádio lindo, talvez um dos mais bonitos que eu já visitei e ele vai ficar para a cidade de Brasília como uma espetacular lembrança deste momento”, disse.

O Estádio

Construído como arena multiuso, o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha é adaptado para a realização de grandes eventos nacionais e internacionais. A arena passará por licitação para que uma empresa especializada em entretenimento a administre e garanta um calendário de eventos, aquecendo, assim, o setor de serviços, como bares, hotéis, restaurantes e táxis. Dessa forma, haverá geração de emprego e renda, melhorando a qualidade de vida da população.

O novo monumento de Brasília também caminha para ser o primeiro na história a receber o certificado máximo de sustentabilidade. O selo Leed Platinum ? entregue após a conclusão da obra, que já passa de 87% pronta ? é reconhecido internacionalmente e garante que a construção é altamente sustentável. Hoje, nenhum estádio de futebol no mundo possui o selo Platinum.

O conceito de arena verde começou ainda na criação do projeto da arena. São usados materiais recicláveis ou reciclados na construção. Tudo o que saiu do antigo estádio foi reaproveitado na própria obra ou em cooperativas de reciclagem do Distrito Federal. Depois de pronto, haverá captação de energia solar e de água da chuva. A Ecoarena será capaz de gerar 2,5 megawatts de energia, o que corresponde ao abastecimento de duas residências por dia.

A cobertura segue o mesmo conceito. O revestimento será executado com membrana especial que libera a passagem de iluminação natural, tem maior reflexão dos raios solares, reduz o calor interno e, consequentemente, a necessidade do uso de ar condicionado e outro tipo de ventilação artificial.