Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/01/13 às 19h25 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Fornatur retoma suas atividades e planeja ações para 2013

COMPARTILHAR

Durante a 69ª reunião o Fórum conheceu propostas de promoção do Brasil como sede da Copa do Mundo FIFA 2014.

O Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur) retomou suas atividades na manhã desta terça-feira (22), em Brasília. A primeira reunião de 2013 aconteceu na sede da Embratur e contou com a participação da nova diretoria e dos novos secretários estaduais.

Luis Otávio Neves, secretário de Turismo do Distrito Federal e vice-presidente do Fornatur, deus as boas vindas ao grupo e falou sobre as suas expectativas para o ano de 2013. “Acredito que este ano nós teremos grandes feitos graças ao trabalho que do Ministério e da Embratur, como também pelos grandes eventos que o país irá receber. Será um grande ano também para o Fornatur, pois o próprio ministro Gastão Vieira já disse que seremos grandes parceiros”, afirmou.

Durante a 69ª reunião o Fórum assitiu apresentações da World Travel Market Latin America, que acontecerá em São Paulo, nos dias 25 a 25 de abril e conheceu propostas de promoção do Brasil como sede da Copa do Mundo FIFA 2014. O grupo também discutiu a organização e funcionamento do Fornatur, a necessidade de uma contrapartida federal em recursos destinados aos estados e as secretarias de turismo e também debateram a Portaria 112 do Ministério do Turismo, que estabelece regras de transferência de recursos para apoio aos programas que visem ao desenvolvimento do turismo.

Ronald Ázaro, presidente da Fornatur e secretário de turismo do Rio de Janeiro, afirmou que trabalhará por essas questões e pelo turismo nas diversas regiões do país. “Temos metas promissoras e estou feliz em poder trabalhar de forma mais ampla”.

O Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo é um colegiado formado pelos Secretários de Estado de Turismo ou Presidentes de Órgão Estaduais de Turismo que se reúnem para deliberar sobre os temas relevantes do turismo nacional, incorporando as demandas estaduais, regionais e nacionais, expressando o pensamento e a ação do executivo estadual na gestão do turismo, constituindo-se um bloco de expressão técnica e política.