Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/04/13 às 15h27 - Atualizado em 11/10/17 às 16h44

Grupo de trabalho define infraestrutura da Rota do Cavalo

COMPARTILHAR

Grupo foi instituído por meio de portaria conjunta já publicada no Diário Oficial

Técnicos de diversos órgãos do governo do Distrito Federal, que formam o grupo de trabalho da Rota do Cavalo, se reuniram nesta terça-feira (30) para definir a infraestrutura necessária para a concretização deste projeto idealizado com o objetivo de desenvolver novos produtos turísticos e integrar a Região Administrativa de Sobradinho ao turismo do Distrito Federal.

A ideia é transformar a região em um importante polo de turismo rural no DF e movimentar a economia local. “Um produto turístico não significa apenas mais uma opção de lazer para a cidade. Ele representa um espaço gerador de emprego, no qual famílias inteiras poderão aumentar sua renda. Precisamos do apoio de todos os órgãos do governo para estruturar esta rota e proporcionar um aumento do desenvolvimento econômico nesta região”, explicou o secretário de Turismo do DF, Luís Otávio Neves,

O grupo, instituído por meio de portaria conjunta já publicada no Diário Oficial, identificou demandas urgentes para estruturação do novo produto turístico, tais como iluminação pública, recapeamento da DF 440, sinalização turística e instalação de um centro de atendimento ao turista no local. A área da Rota do Cavalo abriga 36 propriedades rurais, das quais 14 já estão aptas a receber visitantes que querem passar momentos em contato com a natureza, conhecer a produção rural do Distrito Federal ou até mesmo praticar esportes equestres, eixo bastante rentável para economia local. Segundo o deputado distrital Joe Valle, que participou da reunião, não há duvidas sobre o crescimento econômico que o projeto trará para o DF. “Estimativas apontam que cada cavalo gera 10 postos de emprego. Além disso, o arranjo produtivo do cavalo gera mais recursos no DF do que a produção de soja”, informou Joe Valle.

Algumas das demandas identificadas já estão em andamento. Bruno Almeida, engenheiro do DER, informou que já está sendo feito um estudo para recapeamento e roçado da pista da rota. Outra medida que está em andamento no departamento é a instalação de placas de sinalização, que tiveram o projeto entregue pela Secretaria de Turismo no final do ano passado. A ideia do grupo é avançar com os trabalhos aproveitando o período de seca para que a Rota do Cavalo seja entregue ainda este ano.

A expectativa é que a Rota do Cavalo também ajude a desafogar o fluxo de pessoas no Plano Piloto, permitindo que as pessoas trabalhem na própria região administrativa diminuindo a quantidade de pessoas que vem diariamente para o centro da cidade.

Além do secretário de Turismo do DF, Luís Otávio Neves; do deputado distrital Joe Valle; e do engenheiro do DER, a reunião contou com a participação da subsecretaria de estruturação e diversificação da oferta turística do DF, Meyre France; da diretora de articulação intergovernamental da secretaria de Governo, Niedja Taboada; do assessor da administração regional de Sobradinho, Carlos Nascimento; da técnica da CEB, Mariana Silveira; do assessor especial da secretaria de Esporte, Wellington Andrade; da representante da secretaria de Governo América Menezes; e do assessor especial do parlamentar Joe Valle, Lacerda Alecon.