Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/06/21 às 9h45 - Atualizado em 15/06/21 às 16h01

Lago Sul conta com a bênção do turismo religioso

COMPARTILHAR

 

Quem já conhece ou vai conhecer o Lago Sul tem que percorrer os templos  dedicados a missas, visitação e formação de religiosos.

 

Esse foi um dos pontos visitados pela secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, com o programa Turismo em Ação, criado pela Secretaria de Turismo para mapear e dar visibilidade a atrações turísticas de Brasília e das regiões administrativas do Distrito Federal.

 

Os principais espaços visitados foram:

 

Seminário Nossa Senhora de Fátima

 

Seminário Maior Arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima e a Paróquia com o mesmo nome  estão localizados na QI 17, do Lago Sul. O terreno foi doado na gestão do fundador de Brasília, o ex-presidente Juscelino Kubitschek, no período de 1956 a 1961. E o Seminário Maior foi inaugurado em março de 1976. Atualmente, é conduzido por cinco padres e conta com mais de cem seminaristas, que levam oito anos para se tornarem padres.

 

Esculturas em concreto simulam a Via Sacra no Seminário Nossa Senhora de Fátima | Fotos: Aurélio Pereira/SeturDF

 

Visitar o  local é emoção desde a pista de acesso que guarda um jardim bucólico, cheio de beleza.  Próximo ao estacionamento, o visitante poderá chegar às esculturas feitas em concreto da Via Sacra, que retratam as passagens de Jesus levando a cruz até o Monte Calvário. Há também painéis contemplando cada um dos mistérios da vida de Cristo (gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos) e rodeiam uma escultura de Cristo para lembrar que a intenção, ao rezar o terço, é para segui-lo e adorá-lo.

 

A Capela Nossa Senhora de Fátima tem uma arquitetura moderna e está aberta à comunidade para celebração das missas aos sábados, às 18h30; e aos domingos, às 10h e às 17h. Os portões do seminário são abertos um pouco antes das missas. O local guarda uma relíquia de São Pio X,  um cálice usado por São João Paulo II e vitrais retratando Cristo crucificado e outro com os Apóstolos. Na parte externa, há ainda uma árvore de pau-brasil plantada por São João Paulo II.

 

Capela do Seminário Nossa Senhora de Fátima reúne obras de arte e locais para contemplação religiosa

 

O padre Sérgio Correia é um dos dirigentes do Seminário Maior da Arquidiocese de Brasília e apoia a iniciativa da Setur-DF em promover todos os segmentos turísticos da cidade, mostrando para o DF e todo o Brasil as belezas do Lago Sul. “O Seminário Maior, onde são formados os padres e abriga a Faculdade de Teologia do DF, possui vários locais de rara beleza e que proporciona momentos de paz, contemplação religiosa, como a Via Sacra. Temos também a Capela do Seminário que possui obras de arte. Estamos de portas abertas para receber todos muito carinho e amor”, convidou.

 

A aposentada Dirce Anselmo mora em Brasília e ainda não conhecia o Seminário Maior. Foi  levada pela filha e assídua frequentadora do local, Eveline Anselmo. “Aqui é uma maravilha, muito bonito e estou saindo com o coração cheio de paz. Vou voltar sempre que puder”, exclamou Dirce. Já Eveline leva sempre o filho João Miguel para passear e aproveita para fazer as orações de costume.

 

Dirce e Eveline, avó e mãe do pequeno João Miguel, passeiam pela Via Sacra do Seminário Nossa Senhora de Fátima | Foto: Aurélio Pereira/SeturDF

 

“Acho importante as pessoas saberem que existe esse lugar tão lindo, onde podem conhecer um pouco da história do catolicismo. Pelas passagens da Via Sacra, as crianças e jovens podem sair da leitura e vivenciar a fé pelas imagens em tamanho natural. Parece que é de verdade. Eu venho sempre aqui”, declarou Eveline.

 

Seminário Redemptoris e Mosteiro de São Bento

 

O Seminário Missionário Arquidiocesano Redemptoris, construído em 1990 às margens do Lago Paranoá, é um centro de formação de sacerdotes e já formou 144 missionários, que já atuam em várias cidades do Brasil e do mundo, sempre enviados pelo arcebispo de Brasília.

 

Reitor Padre Paulo de Matos e a secretária Vanessa Mendonça no Seminário Redemptoris. Foto: Aurélio Pereira/SeturDF

 

Ao passear pelas várias instalações do seminário, o visitante vai encontrar uma igreja, um centro de estudos, refeitório, salas de orações e uma completa biblioteca, onde há publicações valiosas, como o original Meditações Espirituais de 1757 e uma edição poliglota da Sagrada Escritura de 1520. Outra preciosidade é uma sala secreta que guarda uma relíquia da Cruz de Cristo. Vale destacar que todos os ambientes possuem telas do artista Kiko, que provocam muitas reflexões e sentimentos de fé.

 

Reitor Padre Paulo de Matos e a secretária Vanessa Mendonça no Seminário Redemptoris. Foto: Aurélio Pereira/SeturDF

 

Na arquitetura do seminário, destaca-se a imponente torre dos sinos, com sua área externa formada por belos jardins com plantas exóticas e típicas do Cerrado. A vista do alto da construção alcança quase todo o Lago Paranoá e é um presente contemplativo.

Ao visitar para conhecer as belezas do Seminário Redemptoris, o visitante é conduzido, pelo reitor Padre Paulo de Matos, a uma verdadeira viagem interior para um encontro com Deus. Suas palavras são acolhedoras e fortalecem a fé de todos.

 

Para o religioso, não adianta receber visitas e a elas só mostrar paredes. “É importante, para mim, falar do mistério de Deus que entra em nossas vidas. A palavra é trazida e proclamada desde aqui”, comentou, para, em seguida, elogiar a iniciativa da Setur em promover uma rota turística espiritual de Brasília, incluindo visitas ao Seminário.

 

“A formação sacerdotal é importante quando leva o anúncio da Boa Nova de Cristo que salva, perdoa e conduz as famílias à reconciliação. O trabalho que fazemos aqui é formar sacerdotes, que amanhã estarão anunciando o Cristo por todo o Brasil e por todo o mundo. Assim será uma alegria receber todos aqui, onde poderão encontrar ambientes muito bonitos que falam de Deus e nos conduzem a experimentar a paz que vem de Deus”, completou o padre Paulo.

Reitor Padre Paulo de Matos e a secretária Vanessa Mendonça no Seminário Redemptoris. Foto: Aurélio Pereira/SeturDF

 

As visitas podem ser feitas todos os dias da semana, sendo de segunda à sexta-feira, das 14h às 18h; aos sábados, pela manhã; e aos domingos, das 10h às 18h. Aos fins de semana, deve-se agendar pelo telefone (61) 3251-1818.

Canto gregoriano às margens do Paranoá

 

A caravana itinerante do Turismo em Ação finalizou as atividades do Lago Sul com visita ao Mosteiro de São Bento de Brasília. O templo religioso católico se destaca pela beleza do visual do alto do Lago Paranoá e pela paz que se experimenta na sua capela. As missas abertas acontecem aos domingos, às 10 horas, e são celebradas com canto gregoriano, que mantém a tradição dos monges beneditinos. Além disso, há orações diárias, também abertas ao público,  que acontecem às 5h, 6h, 6h45, 9h, 12h, 15, 18h e 19h30.

 

Secretária Vanessa Mendonça e Dom Tiago Dueñas na capela do Mosteiro de São Bento | Foto: Aurélio Pereira/SeturDF

 

Nas instalações, há uma loja que funciona de segunda a domingo. Nela, vende-se o que é produzido pelos monges: pães, bolos, biscoitos, licores, imagens religiosas e incenso. São vendidos também objetos devocionais confeccionados por outros mosteiros e empresas: terços, livros, medalhas, crucifixos, ícones, chaveiros, camisetas e vários artigos religiosos e afins.

 

Dom Tiago Maria Ulloa Dueñas enxerga no trabalho da Setur-DF uma oportunidade de fortalecer e ampliar o turismo religioso em Brasília e afirma que o Templo está aberto ao público em geral. “Recebemos todos que queiram buscar um pouco de paz e tranquilidade. Nossas orações começam muito cedo, às 5h, e recebemos todos que queiram participar conosco dessas reuniões e receber um pouco de paz”.

 

Secretária Vanessa Mendonça e Dom Tiago Duenãs no Mosteiro de São Bento !  Foto: Aurélio Pereira/SeturDF

 

A secretária Vanessa Mendonça concluiu a visita do Turismo em Ação, ressaltando o trabalho da Setur de visitar todos os monumentos, templos e igrejas com foco no turismo religioso. “Terminar o dia no Mosteiro de São Bento e poder mostrar à população a beleza e a riqueza deste lugar é um presente para nossa equipe. Estamos todos trabalhando para ressignificar a experiência de cada um pelo olhar do turismo, que aqui é exuberante no segmentos religioso e de contemplação”, avaliou.

 

Quem for conhecer os encantos do Lago Sul certamente receberá a bênção de religiosos, esportistas e trilheiros.

 

—-

Saiba mais:

 

Rota da Paz: tour virtual pelos templos de Brasília é opção para celebrar a Semana Santa sem sair de casa
http://www.turismo.df.gov.br/rota-da-paz-tour-virtual-pelos-templos-de-brasilia-e-opcao-para-celebrar-a-semana-santa-sem-sair-de-casa/

 

Conheça os destinos do turismo religioso de Brasília
http://www.turismo.df.gov.br/conheca-os-destinos-do-turismo-religioso-de-brasilia/

 

Governo regulariza mais 25 templos, responsáveis por fomentar o turismo religioso
http://www.turismo.df.gov.br/governo-regulariza-mais-25-templos-responsaveis-por-fomentar-o-turismo-religioso/

 

Mais informações e pedidos de entrevista

Ascom Setur: (61) 98137 8362 | (61) 4042-0400
e-mail: ascom@setur.df.gov.br
Local: SDC Eixo Monumental – Lote 5 Centro de Convenções Ulysses Guimarães – Ala Sul 1º andar, Brasília (DF) – CEP: 70070-350

 

 

Leia também...