Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/08/13 às 17h31 - Atualizado em 11/10/17 às 16h45

Mais de 30 guias saem da irregularidade e se inscrevem no Cadastur

COMPARTILHAR

Portaria assinada em julho de 2013 estimulou recadastramento dos profissionais

Após a publicação da portaria 197/2013, no dia 31 de julho, pelo Ministério do Turismo, mais 32 guias de turismo solicitaram a renovação de suas carteiras no Cadastur, sistema de regulação de profissionais e empresas do setor, que ficou mais ágil e descomplicado após a nova legislação.

“A Secretaria de Turismo é responsável por fazer o cadastramento no Distrito Federal. Nossos técnicos fizeram um grande trabalho de sensibilização para mostrar a importância do cadastro para esses profissionais e a portaria ajudou a potencializar os resultados desses esforços”, explica o secretário de turismo do Distrito Federal, Luis Otávio Neves.

Em abril de 2013, Brasília possuía apenas 39 guias cadastrados regularmente no Cadastur. Os técnicos da secretaria fizeram uma intensa ação de telemarketing entrando em contato com os guias que estavam com as carteiras vencidas e em julho esse número já era de 93 profissionais regulares.

Com a publicação da portaria, os guias que estavam irregulares receberam um ofício do secretário de Turismo explicando as novas regras e uma ligação dos técnicos convidando a regularizarem a situação. Apenas no primeiro mês, 32 guias solicitaram a renovação de suas carteiras após o trabalho de conscientização.

Hoje, Brasília já conta com 125 guias com as carteiras em dia e aptos a receber o grande número de visitantes que virão para a cidade nos próximos anos. A meta da Secretaria é chegar ao final do ano com, pelo menos, 200 guias regulares e concluir, no próximo ano, o recadastramento de mais 286 guias que estão no sistema, combatendo a informalidade no setor.

Para atingir esse objetivo, a Secretaria realizará uma palestra de sensibilização, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, dia 25 de setembro, explicando a nova legislação, os benefícios do Cadastur e os programas de capacitação que serão realizados pela Setur-DF.

Documentação exigida

Os profissionais que queiram se cadastrar devem apresentar carteira de identidade (original e cópia), cartão de Cadastro de Pessoa Física (CPF) (original e cópia), certificado de conclusão de curso técnico de formação profissional de guia de turismo, cujo plano de curso tenha sido aprovado pelo Ministério da Educação (original e cópia), formulário de cadastramento preenchido e termo de responsabilidade (ambos disponíveis no site do Cadastur), foto 3×4 e comprovante de residência atualizado. A documentação deve ser entregue na Setur-DF.