Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/08/13 às 14h29 - Atualizado em 11/10/17 às 16h45

Mais de 70 mil pessoas procuraram os CAT’s no primeiro semestre

COMPARTILHAR

Maior movimento foi na Torre de TV Digital, onde foram atendidos 57 mil visitantes

De janeiro a junho deste ano, 71 mil pessoas – entre brasilienses e visitantes – procuram uma das sete unidades do Centro de Atendimento ao Turista (CAT's) em buscar de informações sobre a cidade, dados que retratam o interesse pelo destino Brasília como polo de turismo.

“Os CAT's foram uma excelente resposta de que demos à falta de informações turísticas que existia na cidade. Hoje, sabendo que existe este apoio e que as informações podem ir bem além do que se encontra numa simples busca pela internet, os próprios moradores se sentem mais incentivados a conhecer a capital do Brasil”, diz o secretário de Turismo do Distrito federal, Luis Otávio Neves.

A unidade mais movimentada foi a instalada na Torre de TV Digital, onde foram realizados 57 mil atendimentos, que, no local, incluem visitas guiadas ao mirante e cúpula do monumento a cada trinta minutos.

“Por ser um ponto turístico inaugurado recentemente, a Torre de TV Digital recebe um grande fluxo de moradores que ainda não a conheceram, além daquele movimento natural de turistas. O local também é bem representativo do ponto de vista tecnológico e tem uma bela visão da cidade, que atrai bastante veículos de imprensa”, lembra a subsecretária de Marketing e Eventos da Setur-DF, Janaína Vieira.

Os demais postos receberam 14.823 pessoas nos primeiros seis meses do ano, quando o mês de fevereiro recebe destaque como o período de maior procura tanto por parte dos turistas nacionais quanto pelos internacionais; enquanto junho registra maior movimento de turistas internacionais.

Os Centros de Atendimento ao Turista são mantidos pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal e estão localizados no Aeroporto Internacional de Brasília, Rodoviária Interestadual, Praça dos Três Poderes, Setores Hoteleiro Sul e Norte (3 unidades) e Torre de TV Digital.

Nos postos, os visitantes e moradores são recepcionados por atendentes que falam até oito idiomas, além de receberem materiais impressos, como mapas, folders, carões de visitas, e podem assistir a vídeos promocionais sobre os atrativos da cidade.

Pesquisa – Entre os meses de maio e julho, a Secretaria de Turismo aplicou um questionário a fim de conhecer o público que procura os CAT's como fonte de informações gerais sobre a cidade.

O resultado aponta que as principais origens de visitantes que chegam aos postos de atendimento são a França e Estados Unidos, quando se trata de países estrangeiros, e São Paulo e Minas Gerais, quanto aos turistas nacionais.

O perfil é de pessoas solteiras, com alto nível de escolaridade e que chegam a Brasília em busca de lazer, onde permanecem de dois a três dias.

As viagens continuam sendo realizadas por via aérea, o que se justifica quando observada a origem dos visitantes. Na cidade, se hospedam em hotéis e usam o transporte público para se deslocar entre um ponto e outro.