Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/04/13 às 17h43 - Atualizado em 12/04/13 às 14h01

MTur visita turma do Pronatec na Empresa em Brasília

COMPARTILHAR

Secretário Fábio Mota reforça meta de 240 mil pessoas capacitadas pelo projeto em todo o país

O secretário de Turismo do Distrito Federal, Luis Otávio Neves, acompanhou o secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota, em visita a uma das turmas do Pronatec na Empresa nesta semana. Em nome do Ministério do Turismo, Mota conversou com os alunos na intenção de ressaltar a importância da participação do trade e dos profissionais do setor no projeto, que tem por objetivo qualificar aqueles que já trabalham no setor de Turismo para atender nos grandes eventos que acontecerão no país.

“Além de ampliar a qualificação de mão-de-obra para a Copa das Confederações e Copa do Mundo, estamos investindo no legado, que é do povo: a profissionalização, a geração de renda e o desenvolvimento econômico casado com o desenvolvimento social”, disse o secretário do MTur.

A visita aconteceu no Hotel Naoum, onde cerca de 40 funcionários, entre camareiras, recepcionistas e mensageiros se empenham nas 200 horas/aula de “Inglês Aplicado ao Turismo”, na intenção de receber melhor visitantes de qualquer parte do mundo. Os funcionários, distribuídos em duas turmas, têm duas horas da aula de inglês diariamente.

“É um projeto que responde bem aos anseios da iniciativa privada que conta com total respaldo do governo. Nós aderimos porque acreditamos na importância desta formação da mão de obra e convidamos as empresas para aproveitar a oportunidade. Os cursos são gratuitos e não atrapalham o funcionamento do estabelecimento. O empresário que adere só tem a ganha”, reforçou o secretário de Turismo do DF.

O Distrito Federal foi uma das primeiras unidades da federação aderir ao programa. Ao todo, são nove turmas em andamento na cidade. A meta é alcançar 240 mil pessoas em todo o país até 2014 por meio do programa.

Além do Pronatec Copa na Empresa, o Pronatec Turismo tem outras duas vertentes: Pronatec Copa, que visa atender à necessidade por novos profissionais, qualificando pessoas interessadas em entrar para o setor; e o Pronatec Copa Social, que, em parceria com Serviço Social da Indústria (Sesi), procura oferecer oportunidade de qualificação às pessoas em situação de vulnerabilidade social, objetivando a sua inserção no mercado de trabalho do setor.

Os cursos de qualificação profissional são compostos de no mínimo 160 horas presenciais e os ofertantes de vagas são o Sistema “S” (Senac, Senai, Senat e Senar), os institutos federais e estaduais de educação. Os cursos mais procurados são de inglês, organização de eventos, recepcionista, espanhol e de informações turísticas.