Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/06/13 às 17h37 - Atualizado em 4/06/13 às 17h46

Produção brasiliense bate recorde anual do cinema brasileiro

COMPARTILHAR

faroeste Caboblo levou mais de 540 mil pessoas aos cinemas de todo o Brasil no primeiro final de semana

Ainda no ritmo do longa “Somos Tão Jovens”, uma megaprodução sobre a história de Renato Russo, pessoas de todo o Brasil compareceram às salas de cinema neste final de semana para assistir a famosa história de João de Santo Cristo, cantada por Legião Urbana na década de 80 e que tem a Capital Federal como cenário. Foram mais de 540 mil expectadores logo na estreia, fato que colou o “Faroeste Caboclo” no topo da lista das produções nacionais deste ano e na sexta posição desde a Lei do Audiovisual em 1995.

O filme é a estreia em longas-metragens do cineasta René Sampaio, formado em Jornalismo e Publicidade pela Universidade de Brasília. O roteiro começou a ser escrito há oito anos. A estreia aconteceu em 464 salas de 23 Unidades da Federação. Em cada sala, aproximadamente, 1.163 mil pessoas acompanharam o enredo cheio de referências à Brasília e ao estilo de vida dos brasilienses.

Várias cenas de Faroeste Caboclo foram gravadas, por exemplo, na UnB. “Filmar na UnB não foi uma forçação de barra, foi uma necessidade dramática. Fiquei muito feliz de estar de volta e viver um pouquinho da UnB de novo”, fala o diretor.

Para a produção cinematográfica, René contou com a atuação de Fabrício Boliveira interpretando João de Santo Cristo; Ísis Valverde, como Maria Lúcia; e Felipe Abib, no papel de Jeremias.

 

*Com Informações da Agência UnB