Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/11/19 às 16h11 - Atualizado em 22/11/19 às 16h13

Secretaria de Turismo se reúne com representante da Gol Linhas Aéreas

COMPARTILHAR

Potencial turístico da capital federal é exaltado para alavancar a cidade como destino

 

 

Fotos Luís Tajes/Setur-DF

 

A Secretaria de Turismo recebeu a Gol Linhas Aéreas para apresentar o potencial turístico de Brasília. A agenda ativa com a iniciativa privada possui como foco alavancar Brasília como destino turístico e o modal aéreo é fundamental na construção desse cenário. O encontro foi realizado na Casa de Chá, localizada na Praça dos Três Poderes – um dos pontos mais visitados da cidade e projetado por Oscar Niemeyer.

 

Desde que o governo Ibaneis Rocha reduziu a alíquota de ICMS sobre o querosene de aviação, atualmente entre 7% e 12%, Brasília elevou em 66% a oferta de conexões internacionais, passando de seis para dez voos. Até maio, a capital operava viagens diretas para Miami, Orlando, Punta Cana, Lisboa, Panamá e Buenos Aires. Já em junho, teve início a ligação com destino a Cancún, em outubro foi a vez de Santigo, em novembro Lima ganhou um vôo e, no dia 15 de dezembro será a vez de Assunção.

 

“Brasília está preparada para construir em parceria com a iniciativa privada, ações e projetos que nos possibilite promover  todas as nossas atividades e experiências de turismo. E com muita alegria que recebemos a GOL como um destino turístico absolutamente pronto para ampliar as nossas conexões”, disse a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, durante o encontro.

 

Adriana Motta, representante da Gol, reiterou a importância de parcerias com o setor privado para alavancar o Turismo. “A Gol tem em seu DNA o elo de ligar pessoas de um ponto a outro. O nosso objetivo é fomentar o Turismo e sentir a emoção dessa cidade. Eu já me sinto parte de Brasília e estou muito feliz de poder conhecer mais a capital”, complementou.

 

A Secretaria de Educação também esteve presente para enriquecer o debate. Raquel Sá, subsecretária de Educação Básica, ressaltou a importância de trabalhar o nosso patrimônio para gerar identidade e noção de pertencimento. “Queremos que os estudantes se reconheçam nos nossos projetos e na nossa cidade. Afinal, tudo isso é nosso. Precisamos nos reconhecer nas instituições e incentivar isso”.

 

Para Carlos Alberto de Sá, presidente da Voetur, participar do fortalecimento do Turismo da cidade é uma honra. “Acredito no potencial de Brasília e a minha atuação é uma forma de gratidão ao que recebi na cidade. Precisamos integrar todos os agentes econômicos e o papel da Gol e de todo o modal aéreo é importante”.