Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/06/19 às 19h41 - Atualizado em 14/06/19 às 19h42

Sucesso turístico de Canela (RS) foi tema de palestra para servidores da Setur DF

COMPARTILHAR

Turismo é responsável por 90% da arrecadação da Cidade da Serra Gaúcha e recebe em 79 dias 1,5 milhão de turistas

 

A Cidade de Canela (RS) respira e vive Turismo. Há dois anos, o município da Serra Gaúcha identificou o grande potencial para explorar esse mercado que é o que mais cresce no mundo e que é responsável pela geração de um em cada cinco empregos no planeta. A história de transformação da atividade econômica da cidade de 40 mil habitantes foi contada pelo secretário de Turismo do município, Ângelo Sanchez, durante palestra promovida para os servidores da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF).

 

O Turismo é responsável por 90% da arrecadação do município. Entre os meses de outubro e dezembro de 2018, Canela recebeu 1,5 milhão de turistas que injetaram na economia local R$ 75 milhões. “Quando a gente foca em um objetivo conseguimos alcançar o que queremos. Somos um dos destinos mais visitados da América Latina”, afirmou Ângelo Sanches. Os municípios da Serra Gaúcha em um ano arrecadam R$ 300 milhões oriundos do Turismo

 

De acordo com o secretário de Turismo de Canela, a mudança na economia da cidade por meio da atividade turística começou primeiro entre os canelenses. Foi gerada uma sensação de que a cidade tinha potencial para receber turistas. Moradores e o trade local se imbuíram da missão de receber bem e surpreender os visitantes. “O que fica na cabeça das pessoas é aquilo que elas vivenciam. Se o Turismo não for feito com humanidade, não é turismo, se não oferece experiência, não ensina. Fazemos de tudo para os nossos visitantes divulguem a nossa cidade e voltem”, enfatizou o chefe da pasta da cidade.

 

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, comentou que Brasília tem se inspirado em exemplos de sucesso na atração de turistas, e que desde o início da gestão tem se preocupado em gerar nos brasilienses a sensação de pertencimento da cidade. “Estamos vivendo uma nova fase no turismo do Distrito Federal. Brasília é uma cidade única e a capital dos brasileiros. Somos novos, mas temos histórias. Nascemos de um sonho de um empreendedor”, frisou Vanessa Mendonça.

 

De acordo com ela, desde o início do ano, estão sendo promovidas diversas atividades pela Secretaria de Turismo do DF para impulsionar a economia local por meio do Turismo e aumentar a geração de emprego. Entre as ações estão a reabertura e revitalização de três centros de Atendimento ao Turista (CAT) e a assinatura do acordo de stopover com a TAP, que irá permitir que turistas europeus fiquem até cinco dias na cidade sem aumento do custo de passagem, o que poderá, segundo a empresa aérea portuguesa, aumentar o fluxo de turistas vindos do Velho Continente em 20 mil por ano.

 

Também estão sendo criadas rotas que ampliem a oferta de passeios turísticos no Distrito Federal e o Turismo Cívico tem recebido atenção especial. Além disso, a Secretaria de Turismo tem investido na captação de eventos que aumentem o fluxo de turistas na cidade, e consequentemente, gerem emprego e renda na capital brasileira. “Somos a quarta cidade que mais recebe eventos no país. Estamos empenhados em fazer com que Brasília suba de posição nesse ranking”, enfatizou a secretária de Turismo.

 

Brasília – Com uma diversificada rede hoteleira que oferece quase 40 mil leitos, Brasília tem variedade de opções de lazer, gastronomia, compras, atividades culturais, exposições, parques, vida noturna e criatividade. O Aeroporto Juscelino Kubitschek é o 3º maior do Brasil em movimentação internacional de passageiros e o maior hub doméstico do país. Considerada o 3º pólo gastronômico do Brasil, Brasília foi a primeira colocada em um pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo do Brasil sobre a aprovação dos turistas estrangeiros. Os restaurantes da capital federal tiveram 97,7% de aprovação. O prêmio Travellers’ Choice 2018, organizado pelo Trip Advisor, concedeu à cidade a segunda colocação na categoria “destinos em alta” na América do Sul.