Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/11/20 às 20h33 - Atualizado em 26/11/20 às 1h38

W3 Sul: Setur-DF planeja impulsionar a região como destino turístico

COMPARTILHAR

 

 

 

 

Traçar um plano de revitalização para W3 Sul, transformar a região em um destino turístico e impulsionar a economia criativa. Tudo isso com o apoio do Governo, entidades e iniciativas privadas. Gostou da ideia? Esse foi o objetivo principal da visita técnica da Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, nesta quarta-feira (25/11). “A proposta é unir todos para a revitalização da W3. E o turismo, por ser um setor que pode transformar essa região em um destino turístico, está aqui presente para avaliar todas as necessidades, oportunidades e iniciativas que poderão surgir dessa união, beneficiando brasilienses e visitantes que se encantam com a nossa cidade”, disse a secretária, que passeou pelas quadras da região ao lado da Secretária Executiva de Acompanhamento e Monitoramento de Políticas Públicas da Secretaria de Governo, Meire Mota.

 

 

 

No roteiro, as duas visitaram a comunidade criativa local, o comércio, a Praça dos Avós, a Praça 21 de Abril, a Biblioteca Demonstrativa de Brasília, o Espaço Cultural Renato Russo e a Igreja Nossa Senhora de Fátima, projetada por Oscar Niemeyer em 1958 e tombada, em 2007, como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. “É valorizar ainda mais um patrimônio histórico que já existe. Nossa proposta é promover uma integração dos espaços culturais com toda estrutura necessária para nossa população e visitantes”, afirmou Meire.

 

A intervenção da economia criativa de transformar espaços públicos pouco valorizados ou esquecidos por meio da arte e da cultura é uma tendência mundial. É com esse olhar que a Secretaria de Turismo aposta nos atrativos que o corredor cultural vai criar na cidade. Abandonada há anos, a W3 Sul é uma das principais avenidas de capital federal, que além de fazer a conexão entre a Asa Sul e Asa Norte, serve de acesso para vários pontos turísticos da cidade. No início da construção de Brasília, essa era a única avenida que existia, na época cheia de comércio e movimentada, com carnavais e festas. “Caminhar pela W3 Sul é resgatar a memória afetiva de quem vive Brasília. Passamos por diversos espaços e encontramos melhorias que o nosso Governador já fez e também novas oportunidades para que a gente torne a nossa cidade, cada vez, mais uma experiência fantástica para nossa população e turistas”, concluiu a secretária do Turismo, Vanessa Mendonça.

 

Leia também...