Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/09/21 às 20h23 - Atualizado em 24/09/21 às 20h23

Feira evidencia excelência do turismo ecológico no Lago Oeste

COMPARTILHAR

Projeto de divulgação da região, com apoio da Setur-DF, encerra neste fim de semana. Empreendimentos de hospedagem festejam repercussão fora do DF e negócios fechados até o fim do ano.

Foto: Renato Braga/ Setur-DF

 

Para celebrar o “Mês do Cerrado” o projeto Viva Lago Oeste, com apoio da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) vem, desde o início de setembro, recebendo turistas internos e externos para mostrar uma das mais ricas rotas turísticas do Distrito Federal. Unindo aventura, hospedagem rural, contemplação, enoturismo e um vasto circuito ecológico, além de gastronomia e produção de alimentos, a região conta com 17 empreendimentos bem-sucedidos e que revelam uma Brasília bem diferente do que se está acostumado a ver. “É o novo olhar sobre o turismo que estamos promovendo por um trabalho diuturno que ressignifica o segmento no Distrito Federal”, avalia a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

 

Com média de 400 visitantes por dia, nos  finais de semana, o evento, que se encerra neste domingo, dia 26, já atraiu mais de duas mil pessoas para mostrar seus atrativos turísticos.  “Além das vendas diretas, os empreendimentos estão se promovendo e recebendo os visitantes gerando prospecções futuras para os roteiros. Também convidamos oito empreendimentos de fora daqui, que trouxeram seus produtos e serviços”, ressalta Marcus Vinícius Heuzi, presidente da Associação Viva Lago Oeste.

 

Foto: divulgação Viva Lago Oeste/

 

Segundo ele, alguns o Balancéu, atração localizada no Recanto de Maria Flor teve muito espaço na imprensa. “O próprio Recanto de Maria Flor já ficou entre os três primeiros imóveis mais alugados de Brasília por turistas que recorrem ao Airbnb. E o Brasis vem a cada dia se tornando um ponto turístico de gastronomia. Além dos turistas, também recebe diplomatas. As embaixadas estão sempre no local”, informou o organizador.

 

Foto: divulgação Viva Lago Oeste/ Gabriel Heusi

 

 

Ao falar da importância da divulgação da região por meio do Guia Referencial do Viva Lago Oeste, a secretária de Turismo do DF disse que poucas cidades no mundo têm a diversidade de oferta de segmentos e experiências pelo olhar do turismo, com alma, acolhimento e em completa interação com o meio ambiente como Brasília. “O empenho de vocês representa uma virada de chave e uma janela que se abre para o turismo do DF e, quando uma janela se abre para um, abre-se para todos”, declarou Vanessa Mendonça.

 

Para o empresário Renê Edson Mioto, proprietário do Boaz Eventos, um dos empreendimentos dedicados à agricultura orgânica e hospedagem no Lago Oeste, “se não tivéssemos tido o apoio que tivemos, não teríamos avançado até aqui. E agora, com a proposta de uma reunião de trabalho feita pela secretária Vanessa Mendonça,  para o nosso  projeto se integrar às outras cadeias, como foi feito com o enoturismo do PAD-DF, nós só temos a agradecer todo o apoio e o trabalho conjunto”, afirmou Mioto.

 

Programação

 


O último fim de semana do mês do cerrado, pelo Viva Lago Oeste, terá foco na promoção e defesa do bioma e, assim, sensibilizar mais pessoas para a preservação, respeito e valorização. Foram quatro sábados e domingos com diversas atividades realizadas pelos empreendimentos da região, possibilitando toda a vivência que o turismo rural e o ecoturismo podem proporcionar. Neste sábado (25) e domingo (26), será a vez do Brasis Ateliê Gastronômico receber a programação.

 

Feira agropecuária


No sábado (25), a partir das 12h30, a feira agroecológica irá expor produtos locais, além da mostra dos empreendimentos turísticos do Lago Oeste e convidados. Os empreendedores que compõe o Viva Lago Oeste estarão presentes para se apresentarem, tirar dúvidas e conversar sobre a região. Para completar, também estarão presentes o artista Ralfe Braga com sua exposição “Cerrado”, a mostra de arte de Adele Rossi, e o chargista Câlima At.

 

Quadrilha e dança


A partir das 17h, será a vez da atual campeã nacional de quadrilha junina Si bobiá agente pimba se apresentar. Às 18h, a Cia de dança Transições irá apresentar o espetáculo “Cabloco Arrengueiro”. E às 19h30, a dupla Sol e Lua, composto por Paola e Kadu, irão fechar a noite.

 

Exposição


No domingo (26), a partir das 12h30, o público vai ter uma segunda oportunidade para conferir a feira agroecológica e a mostra dos empreendimentos turísticos do Lago Oeste e convidados. O Ralfe Braga estará com sua exposição “Cerrado”, Adele Rossi marcará presença com a mostra de arte de, e o chargista Câlima Att estará no local.

 

Almoço


Quem quiser aproveitar a visita e almoçar ou jantar no Brasis deverá fazer uma reserva com antecedência. O espaço oferece uma experiência gastronômica única. A cozinha autoral da chef Di Oliveira é baseada em ingredientes brasileiros e orgânicos, além da proximidade com a natureza em um ambiente rústico, confortável e charmoso.

 

Fantour


Para completar as atividades do mês do cerrado, no sábado (25) o Lago Oeste ainda vai receber o Fantour, que promove os pontos atrativos da capital. Por meio do projeto, fruto da parceria do Sesc-DF e da Câmara de Turismo Criativo de Fecomércio-DF, 20 convidados terão uma experiência pelos empreendimentos da área rural. Eles vão fazer o banho de cerrado, a trilha botânica e conhecer a vila das abelhas nativas sem ferrão na Trilha do Calango – espaço de eventos, hospedagem e turismo de vivência. Seguirão para um almoço no Brasis Ateliê Gastronômico para degustar o menu “Viva cerrado”, e depois irão para um piquenique no Sítio Titara – que oferece hospedagem, trilhas, cachoeiras e comida mineira.

 

Foto: Renato Braga/ Setur-DF

 

 

Viva Lago Oeste


O Viva Lago Oeste é composto por 17 empreendimentos rurais em meio à natureza, que oferecem uma rota de ecoturismo no Distrito Federal. Nas propriedades participantes, as pessoas vivenciam experiências únicas, repletas de sabores e aromas, e têm à disposição muita diversão, lazer, descanso e aventura.

Serviço:


Mês do cerrado – Viva Lago Oeste –
No  Brasis Ateliê Gastronômico (DF 001, rua 12, chácara 77, Lago Oeste, Brasília – DF). Sábado (25), das 12h30 às 21h. Domingo (26), das 12h30 às 17h. Mais informações e reservas para almoço ou jantar no Brasis: 61 9 9446-2540. https://vivalagooeste.com.br/