Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/06/21 às 17h53 - Atualizado em 23/06/21 às 18h00

Secretário de Planaltina (GO) busca em Brasília ideias para fortalecer o turismo local

COMPARTILHAR

Estruturação, qualificação e promoção são os eixos do novo olhar do Turismo implementado no Distrito Federal

 

 

A secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, recebeu o secretário de Cultura e Turismo de Planaltina de Goiás (GO), Ramon Franck, para apresentar os programas que requalificam Brasília com o novo olhar do turismo.

 

O encontro aconteceu nessa segunda-feira (21) e contou com a presença do vereador Francisco Raimundo Oliveira; do chefe de Programas Culturais da prefeitura de Planaltina de Goiás, Cláudio Henrique Gonçalves Pereira; e do consultor William Paiva.

 

Planaltina de Goiás, também conhecida por Brasilinha, fica a 70 km de Brasília, com população estimada de 90.64Ol habitantes, segundo o IBGE. Um dos pontos turísticos com maior destaque na cidade é a Lagoa Formosa, cujo espelho d’água tem em torno de 13 km². O Mirante dos Milagres também é um local que vale um olhar turístico mais atento.

 

Em busca de informações sobre o novo olhar do turismo implementado pela Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF), a equipe de Planaltina agendou a reunião com a secretária Vanessa Mendonça.

 

“Estamos saindo daqui com outra cabeça e outros olhos para o Turismo. Nossa cidade nunca teve representatividade no setor e estamos buscando melhorias e conhecimento. A secretária Vanessa nos encheu de ideias, inclusive a de adotar o nome Brasilinha oficialmente. Chegamos aqui achando que isso era ruim, mas agora ela nos fez enxergar outros horizontes”, afirmou o secretário Ramon Franck.

 

A secretária Vanessa Mendonça expôs ao grupo os programas da Setur-DF, que são pensados nos eixos estruturação, qualificação e promoção. Dentre os programas relacionados, o Turismo em Ação mereceu maior detalhamento.

 

“O Turismo em Ação é um programa itinerante que levamos para todas as regiões administrativas do DF com o objetivo de estruturar a região para o turismo. Seja levando informações sobre o Fungetur, abrindo um Centro de Atendimento ao Turista ou estruturando roteiros que serão formatados em miniguias”, disse a secretária.

 

Além do programa itinerante, ações como a segmentação de roteiros, valorização do turismo cívico, fortalecimento do artesanato local e um olhar atento para a iniciativa privada foram destacados pela secretária Vanessa Mendonça como prioritários.

 

 

“Brasília é a casa de todos os brasileiros, estamos abertos para falar sobre as nossas experiências, nossos projetos e ficamos muito felizes em poder dividir nossos modelos com todos os secretários municipais ou estaduais”, colocou.

 

Parcerias

 

Para isso, a dirigente da pasta destacou também a importância de todas as ações serem pensadas por meio de parcerias entre o setor privado e as instâncias de governo.

 

“A Setur-DF está construindo pontes de diálogos com as diversas secretarias, órgãos do governo federal, com a Câmara Legislativa do DF e com o empresariado local. Nunca fazemos nada sozinhos. Sempre convidamos todos para pertencerem aos projetos. Nosso governo é um governo de integração”, afirmou.

 

O vereador Francisco Raimundo Oliveira disse que, atualmente, existe um trabalho integrado entre a Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Planaltina. Para o parlamentar,  o trabalho conjunto no enfrentamento aos desafios tem sido alicerçado por meio de parcerias e o encontro com a secretária Vanessa Mendonça faz parte dessa construção.

 

“O nosso maior objetivo é deixar um legado para a cidade. Quando a gente pensa em construir futuro, as alianças são feitas de forma mais sólida, a gente tem muito que aprender com os programas de Brasília”, falou o representante do legislativo municipal.

 

A secretária Vanessa Mendonça acrescentou que o turismo é um setor que se expande, é uma indústria que gera emprego e renda. No entanto, explicou, é necessário estudar as vocações de cada cidade para estruturá-las como um destino turístico.

 

“Um exercício importante é pararmos de adjetivar as cidades e requalificá-las dentro das suas vocações. Por exemplo, Planaltina de Goiás pode se destacar no turismo de pesca e esse segmento é o que mais estrutura deixa no local. Desenvolve o setor gastronômico, a rede hoteleira e o visitante sempre procura outras experiências locais”.

 

Para a secretária, todas as cidades têm a sua história, o seu patrimônio, a sua cultura. Os roteiros turísticos locais são estruturados a partir do conhecimento que os dirigentes possuem sobre a cidade. Se apropriar dessas características é fundamental para uma requalificação do local como um destino turístico, capaz de oferecer atividades e experiências turísticas marcantes e inesquecíveis.

 

A Setur-DF vem recebendo a visita de diversos secretários municipais para acesso detalhado aos programas e ações colocados em prática que projetam o Distrito Federal como modelo de gestão do turismo. Recentemente, a secretária Vanessa Mendonça recebeu os secretários municipais de Turismo de Cláudio (MG), Vassouras (RJ), Cabo Frio (RJ), Cristalina (GO), Pirenópolis (GO) e Casimiro de Abreu (RJ). Além disso, durante o 1º Fórum das Capitais, que aconteceu em maio, a dirigente apresentou o Case Brasília para 53 dirigentes municipais de Turismo.